Política

Ministro da Educação deve entregar obra do Hospital da Mulher e da Criança em Dourados

Na próxima segunda-feira (8), Dourados deve receber a visita do ministro da Educação, Milton Ribeiro. Entretanto a agenda oficial ainda não foi confirmada e está sendo programada pela UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). A previsão, segundo informações apuradas junto à Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Dourados, é que o desembarque aconteça às 8h […]

Marcos Morandi Publicado em 04/03/2021, às 12h46

Mistro da Educação, durante posse do reitor pró-tempore da UFGD.(Foto: Divulgação)
Mistro da Educação, durante posse do reitor pró-tempore da UFGD.(Foto: Divulgação) - Mistro da Educação, durante posse do reitor pró-tempore da UFGD.(Foto: Divulgação)

Na próxima segunda-feira (8), Dourados deve receber a visita do ministro da Educação, Milton Ribeiro. Entretanto a agenda oficial ainda não foi confirmada e está sendo programada pela UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados).

A previsão, segundo informações apuradas junto à Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Dourados, é que o desembarque aconteça às 8h de segunda-feira e que o perfeito irá recepcioná-lo.

A reportagem do Midiamax apurou que Milton Ribeiro,  deve fazer a entrega oficial da estrutura física do prédio da UMC (Unidade da Mulher e da Criança), construído ao lado do HU (Hospital Universitário).

Além da entrega da UMC e também de provável assinatura de convênios com a Prefeitura de Dourados, o ministro também deve encontra pela frente uma pauta política pendente que que está movimentando professores e parlamentares da cidade.

O assunto envolve o comando local da UFGD. Recentemente o próprio ministro substituiu a pedagoga Mirlene Damazio pelo professor Lino Sanabria, que também foi nomeado de forma pró-tempore no cargo.

Com a provável visita do ministro, um grupo de docentes deve entregar um documento onde pedem a nomeação do professor Etienne Biasotto, que foi eleito reitor da universidade, mas acabou rejeitado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Após o cumprimento da agenda em Dourados, Milton Ribeiro deve seguir para Campo Grande, entretanto essa informação também não está confirmada. O jornal midiamax entrou em contato com o Ministério da Educação, mas ainda não recebeu nenhum retorno.

Jornal Midiamax