Maioria dos novos vereadores lista demandas de Campo Grande e estuda regimento

Alguns parlamentaram também já com equipe completa e conhecendo a estruturação da Câmara

Há pouco menos de um mês para o início das atividades na Câmara Municipal, vereadores eleitos para o 1º mandato já estão se preparando para a próxima gestão. Alguns organizam gabinete e definem projetos, outros focam nas equipes e demandas para o mandato 2021-2024.

Como é o caso do vereador Zé da (Podemos), que está com a sua equipe quase formada e organiza seu gabinete. “Já organizando os trabalhos, rede social, reivindicações, visitas aos departamentos da Câmara e secretárias e escolas, unidades de saúde, Ceinfs [Centros de Educação Infantil]”, disse ele ao Jornal Midiamax. O parlamentar também tem  feito reuniões com empresas em busca de vagas de emprego para atender solicitações.

O vereador Professor André Luiz (Rede) já está com gabinete montado e se concentra em ajustar foco de trabalho dele e da equipe. “Já estamos fazendo nosso papel de vereança; da fiscalização. Estamos conversando bastante com outras lideranças políticas para organizar o foco de trabalho que é principalmente a educação, a proteção animal e a assistência social”, disse o parlamentar.

Já o vereador Dr. Sandro Benites (Patriota) e sua equipe estudam a estruturação da Câmara e da . “Eu peço para toda a minha equipe ver algumas pautas como regimento interno e o Plano-Diretor de Campo Grande. Eu estou indo em todas as secretarias […] É um momento de estudos”, opinou o médico.

O mesmo tem feito Alírio Villasanti () ao estudar regimentos e leis do município. “Estamos atuando na estruturação do espaço físico, recursos tecnológicos, planos de ação dos trabalhos e pautas a serem executadas nas atividades legislativas. Pessoalmente, estou ainda me preparando tecnicamente por meio de estudo das legislações, como Regimento Interno, Lei Orgânica do Município, entre outros, canalizados especialmente para as áreas da , Saúde, Transporte e Trânsito”, comentou ele com a reportagem.

No começo de seu segunda passagem pelo legislativo (primeiro mandato foi de 2013/2016), Junior Coringa () já tem sua equipe que o acompanha há algum tempo e está em fase de desenvolvimento de projetos. “Neste primeiro mês estamos em fase de planejamento, finalizando os projetos de lei iniciais, que iremos apresentar assim que iniciarmos as sessões, as primeiras audiências públicas que trataremos, preparando o gabinete para receber a população, ouvir as demandas”, disse Coringa.

A posse dos novos vereadores aconteceu no dia 1º de janeiro e as sessões da Câmara Municipal começam em 3 de fevereiro.

Maioria dos novos vereadores lista demandas de Campo Grande e estuda regimento
Mais notícias