Política

Deputado condena politização da Covid-19 e pede que vereadores de Dourados apoiem tratamento precoce  

O deputado federal Luiz Ovando (PSL-MS) condenou o que considera “politização da medicação” e defendeu o tratamento precoce da Covid-19, com uso de medicamentos como hidroxicloroquina, azitromicina, entre outros. Por meio de videoconferência, o médico Luiz Ovando participou da sessão ordinária desta segunda-feira  da Câmara de Vereadores de Dourados. Luiz Ovando criticou os que ...

Marcos Morandi Publicado em 30/03/2021, às 13h40

parlamentar participou da sessão de forma online.(Foto: Reprodução).
parlamentar participou da sessão de forma online.(Foto: Reprodução). - parlamentar participou da sessão de forma online.(Foto: Reprodução).

O deputado federal Luiz Ovando (PSL-MS) condenou o que considera “politização da medicação” e defendeu o tratamento precoce da Covid-19, com uso de medicamentos como hidroxicloroquina, azitromicina, entre outros. Por meio de videoconferência, o médico Luiz Ovando participou da sessão ordinária desta segunda-feira  da Câmara de Vereadores de Dourados.

Luiz Ovando criticou os que negam a eficácia desses medicamentos, mas reforçou e defendeu a vacinação em massa como meio mais seguro para controlar a doença. Ele pediu aos vereadores que defendam e ajudem a difundir o tratamento precoce como forma de combater a doença.

Na opinião de Luiz Ovando, houve negligência no combate à pandemia do coronavírus no Brasil, a começar pela liberação dos desfiles de carnaval, logo no início da pandemia, “para atender compromissos de governadores com empresas do setor de eventos”.

Autor do convite ao deputado para abordar o tema na Câmara, o primeiro-secretário da Mesa Diretora, Juscelino Cabral (DEM), considerou oportuna e esclarecedora a participação do deputado federal. “Tratamos de vidas. É preciso deixar de lado as diferenças político-ideológicas e priorizar a vida. Defender o tratamento precoce é defender a vida”, disse.

Jornal Midiamax