Política

De Paula ganha mais um ano no comando e PSDB de MS vai escolher diretórios que terão eleição

A Executiva estadual do PSDB em Mato Grosso do Sul decidiu nesta terça-feira (1º) seguir resolução nacional da legenda e reconduzir Sérgio de Paula à presidência por mais um ano. O secretário especial do Governo do Estado continuará à frente do ninho tucano até maio de 2022. De Paula anunciou que haverá eleição em 11 […]

Adriel Mattos Publicado em 01/03/2021, às 18h09 - Atualizado em 02/03/2021, às 11h22

Sérgio de Paula (Arquivo Midiamax)
Sérgio de Paula (Arquivo Midiamax) - Sérgio de Paula (Arquivo Midiamax)

A Executiva estadual do PSDB em Mato Grosso do Sul decidiu nesta terça-feira (1º) seguir resolução nacional da legenda e reconduzir Sérgio de Paula à presidência por mais um ano. O secretário especial do Governo do Estado continuará à frente do ninho tucano até maio de 2022.

De Paula anunciou que haverá eleição em 11 diretórios municipais, que estão com diretorias provisórias. Água Clara, Angélica, Batayporã, Coronel Sapucaia, Fátima do Sul, Itaquiraí, Japorã, Ladário, Pedro Gomes, Porto Murtinho e Santa Rita do Pardo têm apenas comissões provisórias, não diretórios.

Em âmbito nacional, os tucanos mantiveram Bruno Araújo no comando do partido. Nas últimas semanas, o governador de São Paulo, João Doria, articulou a eleição de outro nome, visando garantir sua eventual candidatura à Presidência da República em 2022. As direções estaduais têm até o dia 15 de março para escolher seus presidentes.

A definição estadual saiu em reunião que teve a presença do 1º vice-presidente estadual e presidente da Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul), Paulo Corrêa; do 2º vice e secretário de estado de Saúde, Geraldo Resende; do secretário-adjunto de estado de Infraestrutura, Pedro Caravina; do prefeito de Jateí, Eraldo Leite, e dos deputados federais Beto Pereira e Rose Modesto e os estaduais Rinaldo Modesto e Mara Caseiro, além do secretário-geral, o advogado Rogelho Massoud.

(Matéria editada dia 2/03/2021 para correção de informações) 

Jornal Midiamax