Após transição, prefeitura de Coxim fecha ‘para balanço’ por uma semana

Decreto determinou expediente interno nas repartições até o dia 22 de janeiro

Repartições de Coxim incluindo o Paço Municipal não terão atendimento ao público até o dia 22 de janeiro. Decreto municipal determina que a partir desta segunda-feira (18) os trabalhos serão apenas internos no período.

A justificativa é a necessidade de organização administrativa após o período de transição. A passagem do comando do Executivo ocorreu oficialmente na sexta-feira (15), com o ex-prefeito em exercício Edvaldo Bezerra () passando a gestão ao eleito Edilson Magro (). Bezerra estava à frente do município desde dezembro, após o prefeito Aluizio São José () ser submetido a uma cirurgia para remoção de tumor no cérebro e ainda estar em tratamento.

No decreto n.º 102/2021, o novo prefeito determina que seja mantido atendimento somente nos serviços essenciais, sendo eles: Policlínica Lourdes Fontoura, ESFs (Estratégia de Saúde da família – Unidades de Saúde); CEO (Centro de Especialidades Odontológicas) e coleta de lixo. Conforme a publicação, trata-se de serviços que por sua natureza não podem sofrer paralisação. Os demais relacionados à gestão funcionarão somente com expediente interno.

Após transição, prefeitura de Coxim fecha 'para balanço' por uma semana
Mais notícias