Política

Após contrair Covid-19 em janeiro, Murilo Zauith segue com tratamento em SP

O vice-governador Murilo Zauith (DEM) segue com o tratamento em São Paulo, cerca de dois meses após ter sido diagnosticado com o novo coronavírus. Segundo amigos que estão em contato com a família de Murilo, ele está se recuperando bem e logo estará de volta a Mato Grosso do Sul. Ele foi diagnosticado com Covid-19 […]

Danúbia Burema Publicado em 12/03/2021, às 08h54 - Atualizado às 10h42

Vice-governador Murilo Zauith. (Foto: Edemir Rodrigues, Subcom-MS)
Vice-governador Murilo Zauith. (Foto: Edemir Rodrigues, Subcom-MS) - Vice-governador Murilo Zauith. (Foto: Edemir Rodrigues, Subcom-MS)

O vice-governador Murilo Zauith (DEM) segue com o tratamento em São Paulo, cerca de dois meses após ter sido diagnosticado com o novo coronavírus.

Segundo amigos que estão em contato com a família de Murilo, ele está se recuperando bem e logo estará de volta a Mato Grosso do Sul.

Ele foi diagnosticado com Covid-19 no dia 21 de janeiro, inicialmente assintomático, o que proporcionou que assumisse a Governadoria durante as férias do titular, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Com poucos dias, porém, o presidente da Alems (Assembleia Legislativa de MS), Paulo Corrêa (DEM), assumiu o comando do governo em razão de piora no quadro.

Apesar da gravidade, o vice-governador não chegou a ser intubado. O tratamento prossegue por quase dois meses devido a sintomas estendidos.

A situação é recorrente entre pacientes que contraíram coronavírus. Muitos precisam de fisioterapia respiratória e acompanhamento para se recuperarem.

Na primeira quinzena de janeiro, Murilo havia pedido demissão da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura), e segue apenas como vice-governador do Estado.

Jornal Midiamax