Vendramini quer CPI do Esporte para abrir ‘caixa-preta’ da Federação de MS

Deputado disse que é preciso investigar estádios vazios no Estado

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) afirmou nesta quinta-feira (12) que vai apresentar na próxima semana na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul um pedido de abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Esporte para abrir a ‘caixa-preta’ da Federação de Futebol do Estado.

Com críticas à gestão do advogado Francisco Cezário de Oliveira, Vendramini destacou que o presidente ‘vive com dinheiro da Federação há mais de 20 anos’, além receber recursos da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), segundo o deputado.

“Nos anos 70, o Morenão ficava cheio Não tinha nem como estacionar e hoje vemos os estádios vazios no Estado. A Federação não faz o papel dela”.

A ideia de propor uma CPI teria surgido ao acompanhar uma sessão de julgamento do Tribunal de Justiça Esportiva na quarta-feira (11). De acordo com o Vendramini, um dos jogadores do Corumbaense estaria punido apenas até o final do campeonato, mas poderia ter jogado a primeira partida deste ano, quando foi impedido.

“Os relatores não deram nem o direito do jogador e do clube falarem e eles condenaram ele. O presidente da sessão saiu por 10 minutos e quando voltou, o jogador estava condenado. E esse tribunal está sob o comando da Federação. Isso precisa ser investigado. Precisamos saber para onde vão esses recursos”, reclamou.

Para ser instaurada a CPI, é preciso que um terço dos parlamentares, ou seja, oito deputados, assinem pela abertura. Evander disse que vai passar o final de semana estudando um fato determinado e que conta com a Casa para instaurar a investigação.

Vendramini quer CPI do Esporte para abrir ‘caixa-preta’ da Federação de MS
Mais notícias