Tucanos de Dourados se reúnem para definir vice de Barbosinha à prefeitura

Sérgio de Paula e vice-governador Murilo Zauith (DEM) analisam nomes

O apoio da cúpula tucana em torno da pré-candidatura de coalizão à prefeitura de Dourados do deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha está praticamente acertado. Entretanto a cúpula do PSDB (Partido da Social Democracia ) ainda aguarda a palavra do presidente municipal da legenda, Valdenir Machado que se recupera do coronavírus.

Segundo informações apuradas pelo Jornal Midiamax junto às lideranças do partido, as articulações para que o PSDB indique o nome do vice na chapa encabeçada pelo candidato do DEM já estão bem avançadas. Entretanto, ainda não há consenso sobre que será o escolhido, mas Valdenir Machado leva ligeira vantagem.

O ex-deputado chegou a ser apontado pela cúpula tucana douradense, que aguardava um posicionamento da Executiva Estadual e também do governador. “Vamos levar ao conhecimento do governador e do diretório regional para passar o ramo verde e pedir as bençãos de Deus e o apoio dos amigos para uma bela disputa”, disse Valdenir ao Midiamax, dias antes de ser internado.

A proposta de apoio dos tucanos ao democrata e atual deputado estadual Barbosinha, que está sendo articulada pelo presidente regional do PSDB, Sérgio de Paula, que esteve na cidade nos últimos para tratar do assunto,  foi confirmada por dois dos quatro vereadores que fazem parte da bancada tucana na  Câmara.

Idenor Machado, que é irmão de Valdenir Machado é um dos que participaram das conversas relacionadas à composição com a candidatura de Barbosinha. “Temos que respeitar a decisão da maioria, se é que o PSDB vai indicar o vice. É uma discussão inevitável”, disse Idenor, quando questionado a respeito da posição diante de uma provável indicação.

O outro vereador que defende a participação no projeto dos democratas é Sergio Nogueira.No seu entendimento a possibilidade de acordo é praticamente de 99%. “O 1% e só pra lembrar da música e na política tem as variações. De repente neste 1% muda todo o cenário”, ressaltou o parlamentar.

“Sou favorável que o candidato a vice saia do consenso com a executiva municipal sim!”, afirmou Nogueira.  Entretanto, segundo ele, “ainda vai ter muita água passando debaixo da ponte, outros interesses partidários, outras candidaturas de outros partidos que poderão surgir”, pondera o vereador.

Além de Sergio de Paula, dirigente do PSDB, que defende o apoio a pré-candidatura de Barbosinha,que é apontado como “ungido” por alguns adversários, o deputado conta o apoio das principais lideranças do DEM em Mato Grosso do Sul, entre l eles o vice-governador Murilo Zauith (DEM) e a ministra de Agricultura, Thereza Cristina (DEM).

Tucanos de Dourados se reúnem para definir vice de Barbosinha à prefeitura
Mais notícias