TRE-MS nega outro recurso de Trutis para validar convenção que o escolheu como candidato

Mais cedo, corte havia rejeitado atender outra apelação do deputado

O (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) negou mais um recurso, por unanimidade, do deputado federal , que tenta manter sua candidatura à prefeitura de Campo Grande pelo . O julgamento ocorreu na manhã desta terça-feira (27). 

Mais cedo, o Pleno da corte já havia negado outro recurso do parlamentar, que trata do indeferimento do DRAP (Demonstrativo de Regularidade dos Atos Partidários), peça que indica que o partido está apto para lançar candidato.

Nesse segundo recurso, Trutis questionou decisão dos membros do TRE, que rejeitaram rever a desistência da comissão municipal provisória do em recorrer da decisão em primeira instância que mandou o partido trocar o deputado pelo vereador Vinícius Siqueira como candidato.

O comando do partido foi mudado após Siqueira se tornar candidato. Até então, Trutis era o presidente municipal. O tribunal já havia negado recursos em decisões monocrática e colegiada.

Mais uma vez, a PRE (Procuradoria Regional Eleitoral) se manifestou contra o recurso de hoje. O relator do processo, juiz Djailson de Souza, acompanhou o parecer e votou contra o provimento.

Dessa forma, os demais membros do Pleno seguiram o relator, resultando em decisão unânime contra o parlamentar. Ele ainda pode recorrer, até o caso chegar ao (Tribunal Superior Eleitoral).

TRE-MS nega outro recurso de Trutis para validar convenção que o escolheu como candidato
Mais notícias