‘The flash’: Secretário de Saúde de Dourados fica um dia no cargo e pede para sair

Decreto de anulação foi publicado na edição do Diário Oficial do Município nesta terça-feira

Os cargos de confiança são considerados efêmeros, mas ninguém imagina que seja tanto quanto o que aconteceu em Dourados. Nomeado como secretário municipal de Saúde pela prefeita Délia Razuk (PTB), o médico especialista em urgência e emergência Frederico de Oliveira Weissinger, mal sentou na cadeira e já pediu para sair.

É o que diz o Diário Oficial do Município desta terça-feira (11), que  trouxe anulação da nomeação do médico tinha assumido o cargo na segunda-feira (10) no lugar do também médico e intensivista Gecimar Teixeira que tinha assumido o cargo havia um mês e saiu no final de semana.

Fred como é conhecido ficou apenas um dia no cargo e a saída dele está ligada ao fato do ocupante do cargo ter que dispor de dedicação exclusiva. A dedicação exclusiva também foi o motivo alegado para a saída de Gecimar do cargo.

Em nota, a prefeitura de Dourados informou que o cirurgião dentista Jackson Farah Leiva, secretário municipal adjunto de Saúde passa a responder pela pasta em função de decreto publicado hoje (11) no Diário Oficial do Município,  que tornou sem efeito a nomeação de Frederico de Oliveira Weissinger.

Segundo a administração municipal, “na mesma edição desta terça do Diário Oficial está publicado decreto que delega ao secretário adjunto a competência de ordenador de despesas da Secretaria Municipal de Saúde e do Fundo Municipal de Saúde da Prefeitura de Dourados”, diz a nota.

'The flash': Secretário de Saúde de Dourados fica um dia no cargo e pede para sair
Mais notícias