Tensão só deixa situação de Bolsonaro mais delicada, avalia Dagoberto Nogueira

Manifestações pró e contra presidente foram registradas no domingo (31)

Protestos tensionados só deixam a situação ainda mais delicada para o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), na avaliação do deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT). No domingo (31), foram registradas manifestações contrárias e favoráveis ao chefe do Executivo federal.

“O próprio presidente estimula essa situação que, na minha opinião, é contra ele mesmo, porque 70% da população já quer sua saída, por sua inexperiência e incapacidade”. Para o parlamentar, o quadro já provoca o ‘Fora Bolsonaro’, assim como houve o ‘Fora Temer’. “Acho que essa situação fica cada vez mais delicada para ele mesmo”.

Ontem, grupo com a maioria vestida de verde e amarelo fez ato em apoio ao presidente. Mas protestantes, principalmente liderados por torcidas organizadas de time de futebol, se manifestaram contra Bolsonaro. No Rio de Janeiro, protestos favoráveis e contrários ocorreram ao mesmo tempo, em Copacabana.

“As manifestações devem ser pacíficas. Cabe aos órgãos públicos organizarem o direito de manifestação previsto na Constituição Federal”. Contudo, afirma, a polícia não pode permitir manifestação contra o regime democrático, ‘pois isso é crime contra a segurança nacional’.

Tensão só deixa situação de Bolsonaro mais delicada, avalia Dagoberto Nogueira
Mais notícias