‘Tampão’ por 3 meses, vice assume Bandeirantes e parafraseia Bolsonaro

Professor e locutor Luiz Meira substitui Álvaro Urt, que teve mandato cassado pela Câmara de Vereadores

Com a cassação do mandato de Álvaro Urt (Democratas) pela Câmara de Vereadores na manhã de hoje (29), o vice Luiz Meira () tomou posse como prefeito de Bandeirantes até o fim do ano. Em sessão na Casa de Leis no início da tarde, transmitida no Facebook, o professor e locutor de 66 anos se mostrou emocionado, fez críticas ao até então parceiro de gestão e ainda parafraseou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Meira discursou por aproximadamente dez minutos. Ele se dirigiu pelo nome a cada um dos vereadores e opinou que a má relação de Álvaro Urt com a a Câmara “talvez tenha sido um de seus pecados, além dos erros que não me cabe comentar”.

Os parlamentares cassaram o mandato de Urt após o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) deflagrar a Operação Sucata Preciosa. A ofensiva investigou emissão de notas fiscais frias no serviço de manutenção da frota de veículos da prefeitura.

O prefeito até 31 de dezembro deste ano lembrou da passagem de uma imagem de Nossa Senhora Aparecida pela prefeitura de Bandeirantes, ainda no início da gestão de Álvaro Urt. O prefeito cassado não estava no prédio na ocasião e a imagem acabou recebida pelo vice. Meira classificou o ocorrido como se “programado por Deus”.

O professor prometeu terminar o que já foi começado (“se der tempo”) e fazer um “governo de coalisão, com união entre os poderes”. Além disso, encerrou a fala parafraseando o tema da campanha de Jair Bolsonaro à presidência, em 2018.

“Como dizia o presidente Bolsonaro, Bandeirantes acima de tudo e Deus acima de todos”.

Recado dado

Presidente da Câmara, o vereador Jeovane Félix () recomendou que o novo prefeito não se preocupe com o Legislativo. Mas também deu um recado: “fique atento. Não vamos aceitar erros como tivemos”, falou.

Luiz Meira não disputa as eleições deste ano, ao contrário de Álvaro Urt, que tentará a reeleição. A Justiça Eleitoral ainda vai julgar o registro.

Além de Urt, Lana 12 (), Marcelo Abdo (MDB), Milane (PSC) e Professor Oduvaldo () também diplomaram suas candidaturas ao Executivo municipal.

‘Tampão’ por 3 meses, vice assume Bandeirantes e parafraseia Bolsonaro
Mais notícias