Retorno dos vereadores à Câmara de Campo Grande será sem público e imprensa no plenário

Parlamentares fazem reuniões virtuais desde agosto e de forma restrita há oito meses

Vereadores de Campo Grande retomam as sessões no plenário na terça-feira (24), mas sem presença de público e imprensa no plenário. Esta medida foi adotada em março por causa da pandemia de coronavírus. Desde agosto, no entanto, os parlamentares faziam reuniões virtuais e ensaiaram voltar para o plenário em outubro, adiando o retorno gradual a pedido de boa parte dos vereadores.

Segundo a assessoria, serão seguidos os protocolos de uso de máscara, disponibilização de álcool em gel e distanciamento entre os parlamentares durante as sessões. Ainda não há prazo para que a situação volte ao que era antes da pandemia.

Entre os projetos de leis essenciais, que ainda serão votados, está a LOA (Lei de Diretrizes Orçamentárias Anual) – a peça prevê orçamento, receita e despesas no próximo ano.

Apesar de nem sempre frequente, a participação da população no plenário ocorria especialmente quando projetos de leis importantes para um categoria eram votados. Contudo, as sessões podem ser acompanhadas pela página da Casa de Leis no Facebook. Perguntas para os parlamentares podem ser enviadas nos comentários. A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul adotou sistema de sessões remotas desde março e segue desta forma, até então.

 

 

Retorno dos vereadores à Câmara de Campo Grande será sem público e imprensa no plenário
Mais notícias