Vereador rejeitado para concorrer prefeitura em Campo Grande troca PP pelo PSD

Valdir Gomes anuncia sua desfiliação na próxima terça-feira

O vereador de Campo Grande Valdir Gomes (PP) anuncia na próxima terça-feira (10) sua saída do Progressista e já está com o pé para ser filiado no PSD. Um dos principais motivos da decisão, é porque a sigla na qual foi eleito em 2016, não o escolheu como candidato para disputar a prefeitura da Capital. O pré-candidato progressista a prefeito é o presidente da Santa Casa, Esacheu Nascimento.

Na manhã desta quinta-feira (5), Gomes informou que antes de se filiar a outro partido, vai ficar ‘uns dias na pista’. “Mas a conversa com o prefeito Marquinhos Trad está adiantada”, indicando que ele deve mesmo se filiar no PSD.

Conforme Gomes, este tempo ‘na pista’ deve-se a questão burocrática e trâmite na entrega de desfiliação do PP para se filiar no PSD. O vereador afirmou mais enfaticamente o motivo da troca de legenda. “Eles (PP) podiam me ter como candidato a prefeito no partido, mas não quiseram e por isso vou mudar”.

Porém, Trad é pré-candidato a reeleição no PSD. “Não vou ser candidato no PSD, mas no partido que fui eleito poderia ser candidato a prefeito”.

A janela partidária para mudança de siglas começou nesta quinta-feira (5) e vai até 3 de abril. Outro com troca garantida, é André Salineiro (PSDB), e deve entregar a ficha de desfiliação daqui uma semana, garantiu. “A gente tem um mês na janela partidário, mas só não posso perder o prazo”.

Questionado se assumiria a cadeira de presidente municipal no DEM, Salineiro garantiu que não entra no partido pedindo cargo. Ele foi cogitado a ser candidato a prefeito da Capital pelo deputado estadual Barbosinha (DEM)

Vereador rejeitado para concorrer prefeitura em Campo Grande troca PP pelo PSD
Mais notícias