Reinaldo convida prefeitos e faz megaevento para anunciar R$ 3 bilhões em obras

Governo Presente lança obras um dia após abertura de janela partidária

Seis anos à frente do governo do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) deixou para o dia 6 de março de 2020 o anúncio do Governo Presente, projeto que vai gastar R$ 3 bilhões em obras por todo o Mato Grosso do Sul. Para o anúncio, o governador e a equipe tucana farão um megaevento no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. E convidou os 79 prefeitos para comparecerem.

O anúncio acontecerá justamente um dia após a abertura da janela partidária, momento que as siglas buscam angariar vereadores com mandatos para os partidos. Com 45 prefeitos no Estado, o evento promete ser um grande palanque eleitoral para os tucanos.

Em janeiro, o valor atrativo do pacote de obras, que poderia atrair aliados políticos, gerou ciumeira no alto escalão do governo, com rumores de que o vice-governador deixaria o cargo para que um tucano assumisse o pacote. Na ocasião, Eduardo Riedel, atual secretário de Governo, estaria cotado para ‘tocar’ as obras.

Na mesma época, em coletiva na sede do PSDB, o presidente regional do partido, Sérgio de Paula, comunicou que no dia 6 de março seria feito o lançamento, definido ‘a partir das visitas aos municípios pelo programa Governo Presente’, em 2019. Não falou em montante, mas afirmou que seria um planejamento a ser executado até 2022, exatamente no final da gestão de Reinaldo Azambuja.

No primeiro release sobre o evento, divulgado no dia 25 de fevereiro, o governo havia divulgado o valor total do pacote de obras, mas acabou ocultando a informação no texto. A ideia, segundo os correligionários, é impressionar os prefeitos com o valor dos investimentos.

Reinaldo convida prefeitos e faz megaevento para anunciar R$ 3 bilhões em obras

Pelas redes sociais, o vice-governador Murilo Zauith (DEM) e também secretário de Infraestrutura fez convite aos prefeitos, assim como o Secretário Especial de Governo, Carlos Alberto Assis e a própria página do PSDB em Mato Grosso do Sul no Instagram.

Reinaldo convida prefeitos e faz megaevento para anunciar R$ 3 bilhões em obras Reinaldo convida prefeitos e faz megaevento para anunciar R$ 3 bilhões em obras Reinaldo convida prefeitos e faz megaevento para anunciar R$ 3 bilhões em obras

Em nota divulgada pelo governo, há a afirmação de que ‘prefeitos, deputados, vereadores e demais lideranças municipais e estaduais participarão da cerimônia de lançamento’. E mais: que o Governo Presente teria percorrido o Estado e que os principais investimentos teriam sido elencados por ‘prefeitos e vereadores’.

Quem custeia?

A gestão tucana informou que o pacote de obras terá recursos de emendas parlamentares das bancadas federal e estadual e do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul), imposto que foi aumentado em até 40% no ano passado pelo governador Reinaldo Azambuja.

Na época, produtores rurais protestaram na Assembleia Legislativa contra o projeto, encaminhado pelo Executivo. Júlio Nunes, um deles, destacou que era ‘muito confortável para o governo do estado que desvirtuou o uso do Fundersul – criado no governo do Zeca do PT, com a finalidade de manter as vicinais e pontes para melhor escoamento da produção – fazer uma lei em que ele põe onde quer o dinheiro. Ele usa de forma eleitoreira 78% desse recurso para recapear asfalto, saneamento, serviços complementares e é confortável ao estado e municípios que recebem esse repasse. Estão usando o dinheiro do produtor’.

Reinaldo convida prefeitos e faz megaevento para anunciar R$ 3 bilhões em obras
Mais notícias