Redes sociais serão aliadas na pré-campanha em pandemia de Coronavírus

Cabos eleitorais das campanhas serão substituídos pela “criatividade” nas redes digitais, disse Antônio Lacerda

Em outubro, os eleitores brasileiros vão às urnas eleger prefeitos e vereadores. Mas, em época de pandemia do Coronavírus e também em plena pré-campanha, as redes sociais são aliadas dos políticos campo-grandenses, que não podem mais fazer reuniões com aglomerações.

Presidente municipal do PSD em Campo Grande, Antônio Lacerda, que tem o pré-candidato à reeleição, Marquinhos Trad, acredita que o coronavírus, poderá atrapalhar a pré-campanha. “Espero que em agosto, mês que se iniciará efetivamente a campanha, esse tormentoso problema já tenha passado e o processo eleitoral siga seu curso com normalidade”. 

Segundo Lacerda, muitas respostas sobre o Covid-19 ainda estão no ar. “O ministro Luiz Henrique Mandetta profetiza dias difíceis pela frente. Até agora a alternativa para proteção é o isolamento. Então, muito provavelmente, se a situação se prolongar, o instrumento a ser usado com mais veemência nesta eleição é a rede social”.

O presidente partidário concluiu dizendo que, “certamente, os conhecidos cabos eleitorais das campanhas serão substituídos pela “criatividade” nas redes digitais”.

Conforme o presidente municipal do PT, Agamenon do Prado, que tem o deputado estadual Pedro Kemp como pré-candidato a prefeito em Campo Grande, reuniões com mais de seis pessoas não estão mais sendo realizadas. “Estamos seguindo a orientação da nacional e recomendação do Ministério da Saúde, de não  fazer reuniões e evitar aglomeração”.

Prado afirmou que o PT continua com reuniões pequenas e mantendo contatos políticos. “Reunimos  número de 5 e 6 pessoas, mas vamos continuar conversando com lideranças, conversas sobre a construção de programa de governo”.

Ainda segundo o presidente petista, o Coronavírus inibe a campanha. “Mas temos que respeitar as orientações, isso atrapalha, mas não impede pois temos as redes sociais, dialogar com as pessoas através das redes sociais”.

Redes sociais serão aliadas na pré-campanha em pandemia de Coronavírus
Mais notícias