4 vereadores já trocaram de partido e mudam cenário na Câmara de Campo Grande

Saída de legendas já tinha sido anunciada, mas a formalização do novo partidário ainda precisava ser feita

Otávio Trad, Valdir Gomes, Dharleng Campos, Ademir Santana, vereadores que já tinham anunciado mudança de partido, assinaram as fichas de filiações. Até 3 de abril, os parlamentares municipais podem trocar de legendas sem risco de perder os mandatos. Por causa da pandemia de coronavírus e a proibição de aglomerações, eventos que os vereadores participariam para assinar as filiações foram cancelados.

Dharleng Campos, que era do PP, já assinou ficha do MDB, conforme a assessoria de comunicação. Agora ex-PTB, Otávio Trad também oficializou a ida para o PSD, partido que tem os tios, prefeito Marquinhos Trad, deputado federal Fábio Trad e o senador Nelson Trad Filho.

Na sessão desta quinta-feira (26), o vereador, inclusive, anunciou a desfiliação e ingresso  na nova sigla. “Na sexta-feira passada, fui ao PTB solicitar ao presidente a minha desfiliação. Assim como o fiz no período que estive no partido, fiz questão de ir até lá agradecer a todos, que sempre me trataram muito bem. Anuncio minha filiação no PSD, já a partir de hoje posso ser considerado membro do PSD”.

Valdir Gomes, ex-PP, disse que um evento solene ocorreria em 30 de março para oficializar a entrada no PSD, mas, provavelmente, deve ser cancelada devido à pandemia. Ele afirma que entregou documentos referentes à filiação e faz parte do PSD.

Segundo o presidente do PSDB em Campo Grande, vereador João César Mattogrosso, Ademir Santana oficializou a entrada no ninho tucano. Ele era do PDT até março. Junior Longo, que hoje é do PSB, deve entrar no PSDB também nos próximos dias.

“Estamos aguardando, hoje ou terça, fazemos a ficha da filiação do Junior Longo. Mas ato de filiação não vamos fazer, infelizmente, por conta desta pandemia”, disse o presidente. A reportagem tentou contato com Longo, mas as ligações não foram atendidas.

Até agora, a bancada do PP reduziu para apenas um vereador, que é o presidente em Campo Grande, Cazuza. PTB deixa de existir na Casa de Leis, enquanto o PSDB perde um parlamentar que já entregou desfiliação, André Salineiro, e ‘recebe’ Ademir Santana.

Mudanças

André Salineiro se despediu do PSDB na sessão de terça-feira (24) e, hoje, por meio de sua assessoria de comunicação, afirmou que está tomando os procedimentos necessários para filiação no DEM. A reportagem ligou para o presidente municipal do PSD, Antônio Lacerda, para confirmar quais vereadores oficilizaram ida para a legenda, contudo, as ligações não foram atendidas. O vereador Chiquinho Telles também não respondeu às mensagens enviadas.

Odilon de Oliveira é outro vereador que deixa o PDT e segue para o PSD. Dr. Cury, hoje sem partido, anunciou anteriormente que vai para o DEM. Atualmente no partido do prefeito, o vereador Hederson Fritz, que disse que poderia deixar a legenda, ainda não anunciou se a decisão foi tomada. Willian Maksoud, hoje no PMN, confirmou que vai deixar a atual sigla, mas não revelou ainda o destino. Anteriormente, afirmou que a escolha se dará entre PSD e DEM.

Mais notícias