PSDB garante apoio à reeleição de Marquinhos e prevê encolhimento na Câmara

Tucanos de Campo Grande confirmaram sinalização durante convenção municipal, realizada hoje

Em convenção na tarde de hoje (16), o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) confirmou sinalização adiantada na semana passada e decidiu pelo apoio à candidatura de Marquinhos Trad (PSD). A sigla recuou de lançar nome próprio à prefeitura, em contrapartida pela presença de Marquinhos no palanque tucano durante o segundo turno das eleições para governador, em 2018, quando Reinaldo Azambuja foi reeleito.

A convenção foi realizada no diretório do PSDB na Capital, localizado no . O governador participou do ato político.

A inclinação pelo apoio a Marquinhos Trad dividiu o PSDB. Do lado mais alinhado a Reinaldo Azambuja, a posição sempre foi endossar a tentativa de reeleição do atual prefeito. Outra corrente avalia que se omitir da disputa pelo Executivo municipal enfraquece a legenda, que, além do governo, tem a maior bancada na Câmara Municipal.

O nome do vereador chegou a ser posto à mesa para a vaga de vice na chapa de Marquinhos Trad. Depois, com a inclinação do prefeito em manter Adriane Lopes (Patriota), o PSDB recuou.

A deputada federal Rose Modesto também oficializou à direção do PSDB sua intenção de ser candidata à prefeitura novamente. Ela levou a disputa com Marquinhos ao segundo turno, em 2016, mas acabou derrotada.

Na semana passada, Rose falou que respeitava a decisão da executiva municipal. Porém, reforçou que esperava uma mudança até a convenção de hoje, o que não aconteceu.

Projeção pessimista

O presidente do PSDB Campo Grande, vereador João César Mattogrosso, falou após a convenção e comentou o “racha” interno. “Nenhum partido é unido, como o nome já diz. Esse pensamento de acompanhar a gestão do Marquinhos teve pessoas favoráveis e não, o que é normal. Se não continuarmos unidos, fortes, o partido vai ficar menor”, disse.

A sigla aprovou 44 nomes de candidatos a vereador, mas Mattogrosso projetou perda de cadeiras na Câmara após as eleições de novembro. “A gente espera ampliar, mas é uma batalha difícil. Nosso número real seria fazer seis vereadores, mas vai depender do nosso desempenho”, disse. Hoje, o partido tem oito parlamentares na Casa.

Coligação cresce

Com o apoio do PSDB a Trad, o PSD agora soma siglas na chapa majoritária. Também já oficializaram aliança , PSB, Republicanos, Democratas, PTB e Patriota. Rede Sustentabilidade também deve confirmar coligação ainda hoje (16).

Esta quarta-feira é o último dia para realização de convenções municipais. As definições podem mudar até 8h do dia 27 de setembro, prazo máximo para partidos e coligações registrarem as candidaturas na Justiça Eleitoral.

PSDB garante apoio à reeleição de Marquinhos e prevê encolhimento na Câmara
Mais notícias