PSD aposta em 7 frentes para reeleger Marquinhos e aumentar representatividade

Segmentos vão da causa Afro ao Bem-Estar Animal

Representatividade é a aposta do PSD como estratégia para atuar na reeleição do prefeito Marquinhos Trad (PSD), em Campo Grande. O diretório municipal do partido está iniciando 7 frentes de ação que atuarão em nichos específicos e irão buscar lugar para suas causas na Câmara Municipal.

“Temos já iniciando embriões de sete núcleos dentro do partido: nos segmentos Mulher, Juventude, LGBT, Indígena, Comunitário, Bem-estar Animal e Afro”, informou o presidente da legenda  na Capital, Antônio Cézar Lacerda Alves.

Conforme o dirigente, a ‘causa principal’ é a reeleição de Marquinhos, mas o PSD está se colocando à disposição como instrumento para defesa dos temas de cada grupo. “Além da representatividade por todos os segmentos, a intenção é que cada um tenha representatividade na Câmara”, completou.

No caso do segmento Mulher, informou, as envolvidas já estão ‘com sangue nos olhos’ e em grande quantidade para atuar. Durante o mês de fevereiro e até meados de março, serão feitos os lançamentos de todos grupos.

“O objetivo é sim, além da representatividade do partido por todos esses segmentos, que cada um tenha representatividade na Câmara”, comentou Lacerda, ressaltando que a concretização das candidaturas, entretanto, dependerá da musculatura eleitoral de cada uma das lideranças envolvidas.

Mais notícias