Prefeito diz que isenção da Cosip para famílias da tarifa social deve ser votada na 3ª

Medida vai abranger 35 mil famílias em três meses, segundo anunciado pela Prefeitura de Campo Grande

O projeto de lei que isentará famílias cadastradas na tarifa social do pagamento da Cosip (Custeio da Iluminação Pública), em Campo Grande, será votado na terça-feira (28), estima o prefeito Marquinhos Trad (PSD), que, neste sábado (25), se reuniu com síndicos para discutir regras dentro de condomínios, na Esplanada Ferroviária.

Segundo ele, a votação dependia do decreto de calamidade pública, editado na Capital em 14 de abril, além de análise de outros órgãos de controle. A isenção foi anunciada dias antes, durante live diário feita pelo prefeito. Naquela semana, a proposta foi encaminhada à Casa de Leis, onde será votada pelos vereadores. O município afirma que, com a isenção que valerá três meses, deixa de arrecadar R$ 890 mil.

São 35 mil famílias enquadradas no cadastro social, portanto, quem tem direito ao benefício. O governo federal liberou estas pessoas do pagamento da conta de energia, mas os impostos que incidem sobre ela, como Cosip e ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), continuariam a ser cobrados.

O Estado de Mato Grosso do Sul liberou o pagamento do ICMS, agora resta a validação da isenção da Cosip, tributo cobrado pela Prefeitura de Campo Grande.

Com Matheus Maderal

Prefeito diz que isenção da Cosip para famílias da tarifa social deve ser votada na 3ª
Mais notícias