Prefeito de Pedro Gomes diz que verbas do Governo Presente vão para recapeamento

Anúncio do pacote de R$ 4,3 bilhões será feito nesta sexta-feira

Na expectativa do anúncio do Governo de Mato Grosso do Sul sobre obras de R$ 4,2 bilhões, o prefeito de Pedro Gomes, Willian do Banco (PSDB), afirmou que recuperação do pavimento é a principal demanda da cidade, distante 296 quilômetros de Campo Grande.

“É muito importante. Quando chove, vira um queijo suíço”, disse o chefe do Executivo municipal ao lembrar que o asfalto foi construído em uma época em que drenagem e estruturas, como calçadas, não eram contemplados.

Projeto sobre o assunto foi entregue ao governo durante reuniões do Governo Presente, em 2019, quando o Executivo estadual conversou com prefeitos dos 79 municípios de MS.

Além desta demanda, o prefeito cita o ‘sonho’ da cidade com a interligação entre a BR-163 e MS-359. “Pedro Gomes está mal localizada”, conclui. A cidade é a única, da região norte, onde não há acesso à 163. “Temos de enaltecer [o projeto do governo], porque contribui com os municípios menores, precisamos do braço forte do Estado”.

Apesar da lista de demandas, os chefes dos Executivos dizem só serão quais obras foram selecionadas durante o anúncio. O pacote será divulgado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), nesta sexta-feira (6), a partir das 18 horas, no Centro de Convenções Albano Franco, em Campo Grande.

Prefeito de Pedro Gomes diz que verbas do Governo Presente vão para recapeamento
Mais notícias