Por candidatura, Barbosinha deixa CCJR e diz esperar reciprocidade do PSDB e MDB

Deputado anunciou querer disputar eleição à prefeitura de Dourados

Deputado estadual, Barbosinha (DEM) informou nesta terça-feira (11) que deverá deixar a CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) para se dedicar à pré-candidatura à prefeitura de Dourados neste ano.

“Não quero mais continuar na CCJ. Vou focar na caminhada em Dourados e no meu mandato. Vou ter que evitar obrigações extras, como a liderança [do governo na Casa], a CCJ. Acho que já cumpri minha cota de contribuição. Vou cuidar do meu projeto de pré-candidatura”.

Barbosinha destacou que não disputa nenhum espaço na Mesa Diretora ou em Comissões. “O que eu quero é cumprir meu papel parlamentar”.

Sobre a possibilidade do PSDB e MDB também lançarem candidatos, Barbosinha declarou que espera ‘reciprocidade’ dos partidos. “Não vejo o PSDB como rival, mas como aliado no projeto. Fizemos isso com o governador e estamos esperando reciprocidade. Existe uma conversa com o Renato [Câmara] sobre reciprocidade, também. Temos vínculos de amizade de décadas”, pontuou.

O deputado comentou ter sido amigo do pai do deputado, além de sintonia em projetos. “Estamos buscando aliados. Com o Renato temos diálogo bem construído, que é uma via de mão dupla. Estamos conversando com outros partidos e trabalhando para estruturar esse processo”.

Mais notícias