Política

Pior ainda não passou: prefeito alerta campo-grandense sobre comportamento na pandemia

Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) criticou nesta sexta-feira (8) festas, saídas, falta de uso de máscaras e aglomerações promovidas pelos moradores. Mesmo com o menor índice de casos do país, o prefeito fez um alerta durante transmissão ao vivo sobre o comportamento do campo-grandense, que parece desacreditado em relação a possível piora de […]

Evelin Cáceres Publicado em 08/05/2020, às 13h35 - Atualizado às 18h18

Prefeito em reunião na Esplanada (Leonardo de França, Midiamax)
Prefeito em reunião na Esplanada (Leonardo de França, Midiamax) - Prefeito em reunião na Esplanada (Leonardo de França, Midiamax)

Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) criticou nesta sexta-feira (8) festas, saídas, falta de uso de máscaras e aglomerações promovidas pelos moradores. Mesmo com o menor índice de casos do país, o prefeito fez um alerta durante transmissão ao vivo sobre o comportamento do campo-grandense, que parece desacreditado em relação a possível piora de cenário de transmissão do novo coronavírus na cidade.

“O pior ainda não passou, mas as pessoas têm se comportado como se a gente tivesse vencido o coronavírus. E não venceu. Recebo todos os dias reclamações de pessoas que não obedecem os decretos, que andam sem máscaras, que mesmo sem aula tem criança nas ruas. Não adianta a gente achar que venceu a pandemia e de repente levar um soco e cair estatelado no chão e perder o combate. Não passou a crise ainda”, criticou.

Marquinhos ressaltou que não há funcionários públicos para fiscalizar cada um dos 950 mil habitantes da cidade e que, por isso, é preciso que cada um faça a sua parte. “Se estamos com poucos casos é porque até agora você tem nos ajudado. Então vamos seguir assim. Não brinquem com o coronavírus. A gente faz um apelo para vocês: Fiquem em casa, por favor”.

O prefeito reitera que quem precisa trabalhar tem que adotar novos hábitos de higiene ao chegar em casa. “Saia com máscara. Chegue em casa, tire essa máscara, o sapato, lave as mãos, lave a máscara e passe álcool para usar no outro dia. Tome um banho antes de abraçar o seu filho para não levar esse vírus para dentro da sua casa”, ressaltou.

Jornal Midiamax