Pescaria na Argentina derruba versão oficial de agenda interna de trabalho de Reinaldo

Governador participa de grupo de pesca que inclui amigos e integrantes da cúpula do Governo

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) não é visto em agendas públicas em Mato Grosso do Sul desde o fim de dezembro. Neste início de janeiro até agora, o Governo do Estado garante, oficialmente, que o governador cumpre agenda interna despachando com secretários e assessores. Porém, foto publicada nas redes sociais em pescaria na Argentina, nesta quinta-feira (9), derruba a versão do Governo.

O Jornal Midiamax apurou que Reinaldo está em viagem com amigos e integrantes da cúpula do Governo desde a segunda-feira (6). Foto publicada pelo diretor do site Campo Grande News, jornalista Lucimar Couto, que faz parte de grupo de pescaria do governador, permitiu à reportagem a identificação do paradeiro de Reinaldo. O destino do governador e amigos é a cidade de Itá Ibaté, no departamento de Corrientes, na Argentina. A pousada Gêmeos Pesca é destino famoso entre turistas que praticam pesca esportiva.

A reportagem tenta contato com a pousada por telefone desde esta quarta-feira, mas sem sucesso. Fotos de amigos de Reinaldo publicada nas redes sociais nos últimos dias já indicavam o destino do governador.

O que chama atenção é que desde a última terça-feira (7) a assessoria de imprensa do Governo garante que ele está em trabalho fazendo despachos internos. “Reforçamos que o governador tem reservado os primeiros dias do ano, como em anos anteriores, para atender demandas e pedidos de agendamento de reuniões. Além disso, ele tem se encontrado com secretários e gestores do Governo. Esses encontros não necessariamente acontecem na governadoria”, completou a assessoria.

Desde a segunda-feira, publicações no Diário Oficial do Estado revelam que Reinaldo segue assinando decretos com datas dos últimos dias, período em que ele participa de pesca com amigos na Argentina.

Conforme a Constituição de Mato Grosso do Sul, o governador pode ser ausentar do Estado e até do Brasil pelo período de até 15 dias sem que autorização seja solicitada à Assembleia Legislativa. O que ocorre na viagem atual de Reinaldo é que a saída do governador do país contraria informação oficial repassada pelo Governo.

Em vídeo também publicado pela pousada, Reinaldo aparece divulgando a pescaria da Argentina como roteiro turístico:

Pescaria na Argentina derruba versão oficial de agenda interna de trabalho de Reinaldo
Mais notícias