Operação Ponto Britânico apura fraude em comprovação de serviço por servidores de saúde de Dourados

Foram expedidos dois mandados de busca e apreensão nas secretarias de Saúde e Administração

Investigação que culminou no cumprimento de dois mandados de busca e apreensão nesta segunda-feira (30), em Dourados, mira crimes de falsificação de documentos públicos, peculato, prevaricação, entre outros, em suposta fraude na comprovação de prestação de serviços de saúde. Segundo o (Ministério Público de ), a operação deflagrada pelo (Grupo de Atuação Especial de Combate ao ) foi batizada de Ponto Britânico.

A apuração, até então, apontava que os mandados estavam sendo cumpridos nas secretarias de Administração e Saúde nesta manhã. Na primeira pasta, as equipes policiais saíram levando documentos, enquanto buscas continuam na Saúde até o fechamento e publicação deste texto.

Os servidores que trabalham não puderam entrar no prédio e a divulgou uma nota afirmando que acompanha e colabora com as ações policiais. Esta é a oitava operação em quatro anos de mandato.

Ainda de acordo com o , o nome da operação é alusiva à forma de preenchimento das folhas de frequência, que posteriormente serviriam como base de cálculo da remuneração dos servidores públicos. Mais informações devem ser divulgadas, a medida que são cumpridos os mandados. A fraude investigada seria na comprovação de efetiva prestação de serviços por profissionais da saúde pública.

A investigação é da 16ª Promotoria de Justiça e a operação foi autorizada na 1ª Vara Criminal de Dourados.

Operação Ponto Britânico apura fraude em comprovação de serviço por servidores de saúde de Dourados
Mais notícias