“O país precisa de bom senso”, diz Reinaldo Azambuja sobre discurso de Bolsonaro

O governador acredita que é preciso combater a pandemia, para salvar vidas

“O país precisa de bom senso, serenidade e equilibro nesta hora extrema, difícil”, lembra o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), após declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O presidente fez um discurso, na noite de terça-feira(24), minimizando os efeitos e criticando algumas medidas de contenção adotadas por estados e municípios.

O governador de Mato Grosso do Sul acredita que é preciso “salvar vidas , combatendo a pandemia e também o caos econômico e social. Para ele o momento de crise pode ser “representado pela possibilidade de desemprego agudo, agravamento da fome entre os mais vulneráveis e o desabastecimento da população”.

Reinaldo explica que para superar o momento crítico da pandemia, os governantes são essenciais. “Ninguém está imune, a hora exige alta responsabilidade, dos governos, das empresas , dos cidadãos”, ressalta.

Mais notícias