Nenhum secretário oficializou vontade de disputar eleições até agora, diz Marquinhos

Prefeito tinha dito que quem quisesse concorrer no pleito deste ano teria de deixar cargos em dezembro

Até agora, nenhum secretário da gestão do prefeito (PSD) oficializou interesse na disputa das eleições 2020, segundo o próprio. Em setembro, o chefe do Executivo municipal tinha listado quatro subsecretários que já tinham manifestado vontade em concorrer no pleito eleitoral deste ano.

Os subsecretários Ademar Vieira Júnior, de Direitos Humanos, Carla Stephanini, das Políticas para Mulher, Maicon Nogueira, da Juventude, e Valdir Custódio, do Procon Campo Grande. Hoje, o prefeito acrescentou o diretor-presidente adjunto da Funsat (Fundação Social do Trabalho), Roberto Avelar.

“Ano que antecede as eleições, todo mundo é candidato, mas daquele fôlego, ninguém se manifestou”, afirmou o prefeito ao Jornal Midiamax. Durante agenda pública nesta quarta-feira (22), Marquinhos comentou que “é lícito” cada um ter um objetivo, quando indagado sobre o futuro dos secretários municipais na gestão, caso queiram mesmo disputar.

Em março, quando substituiu os secretários das pastas de Cultura e Saúde, afirmou que os titulares que quisessem disputar o pleito teriam de deixar os cargos até dezembro passado. A medida seria para evitar o uso da função pública como ‘trampolim’  com fins eleitoreiros.

Nenhum secretário oficializou vontade de disputar eleições até agora, diz Marquinhos
Mais notícias