Eleições 2020: Partidos esperam desincompatibilizações para definir convenções em MS

De acordo com o calendário eleitoral, as convenções partidárias devem ocorrer entre 31 de agosto e 16 de setembro

Até esta sexta-feira (14), os partidos com diretórios em Mato Grosso do Sul ainda não haviam definido datas finais para as convenções. Isto porque o prazo para desincompatibilizações de servidores públicos que desejam concorrer às Eleições Municipais de 2020 termina neste sábado (15).

Assim, com o término da desincompatibilização, o cenário de pré-candidatos fica mais definido para os partidos. Nas convenções, previstas para acontecer entre 31 de agosto e 16 de setembro, são definidas as coligações e os candidatos. Então, partidos como PCdoB (Partido Comunista do Brasil), DC (Democracia Cristã) e Pode (Podemos) afirmaram ao Jornal Midiamax que ainda devem realizar reunião para definir a data da convenção partidária.

Além disto, alguns diretórios estaduais e municipais estão aguardando a data final das convenções nacionais do próprio partido. Este é o caso do PMN (Partido da Mobilização Nacional), que informou ao Jornal Midiamax que deve esperar a convenção nacional para definir a data regional.

Devido a pandemia do coronavírus as Eleições Municipais 2020 foram adiadas. Assim, o primeiro turno será em 15 de novembro e em 29 do mesmo mês acontecerá o segundo turno.

Então, com a alteração das datas das votações, os prazos eleitorais também foram redefinidos. As convenções partidárias poderão acontecer entre 31 de agosto a 16 de setembro. Por fim, para evitar aglomerações, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) autorizou a realização de convenções virtuais.

Eleições 2020: Partidos esperam desincompatibilizações para definir convenções em MS
Mais notícias