Mandetta vai organizar DEM em Campo Grande e não descarta candidatura a prefeito

Ministro afirma que Barbosinha é candidato em Dourados

Em Campo Grande para cumprir agenda pelo Ministério da Saúde, Henrique Mandetta (DEM) afirmou nesta segunda-feira (17) que o partido vai se organizar em Campo Grande e não descarta lançar candidato para disputar as eleições deste ano.

“Foi solicitado pelo partido para eu organizar o DEM em Campo Grande a partir de hoje. Não temos um candidato ainda, mas é uma possibilidade”, destacou.

O ministro disse ainda que em Dourados, é certa a candidatura do deputado estadual Barbosinha. “Lá [Dourados] já tinha essa discussão há mais tempo. Temos a pré-candidatura do Barbosinha e já está mais solucionada a maneira como vamos trabalhar”.

Mandetta não deu detalhes sobre apoios na cidade. Ex-líder do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) na Assembleia, Barbosinha conta com apoio dos tucanos na cidade. No entanto, há rumores de candidatura do secretário de Saúde Geraldo Resende.

Com Mandetta e Tereza Cristina, Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o DEM contabiliza dois líderes em cenário nacional e espera, nestas eleições, assumir mais vagas tanto nos legislativos municipais como nos Executivos.

Mais notícias