Janela partidária fecha nesta sexta e vereadores de Campo Grande seguem ‘indecisos’

Por outro lado, seis parlamentares já anunciaram mudança de partidos em quase um mês com a brecha eleitoral

O mês de movimentação entre os partidos acaba na sexta-feira (3) com algumas indecisões na Câmara Municipal de Campo Grande. Dos 29 vereadores, sete já aproveitaram a chamada janela partidária e mudaram de legendas, enquanto outros estão indecisos ou querem fazer o anúncio às vésperas do fechamento da brecha eleitoral.

Willian Maksoud confirmou que deixa o PMN, mas não bateu o martelo para qual partido vai. A princípio, disse que tinha conversas com DEM e PSD. Nos bastidores, a informação é de que ele vai integrar a bancada do DEM, ampliando para três o número de parlamentares neste partido.

Possível colega de bancada de Maksoud, Vinicius Siqueira afirmou que deve permanecer no DEM. “Por enquanto não há chance de mudar. Vamos ver até sábado”. A janela, no entanto, acaba na sexta-feira (3).

A vereadora Cida Amaral (Pros) afirmou anteriormente que analisava as possibilidades, mas nenhuma decisão tinha sido tomada. Hederson Fritz (PSD) cogitou mudança, justamente porque muita gente estava entrando no partido, o que poderia deixá-lo inchado e a situação dificultar a reeleição.

Do PSB, Junior Longo também deve deixar o partido, mas até a última entrevista sobre o assunto, na segunda-feira (30), ele afirmou que estava em conversa com o PSDB e que, na quinta-feira (2), anuncia o rumo.

Desde 5 de março quando a brecha eleitoral foi aberta, parlamentares foram aos poucos anunciando as trocas durante sessões da Câmara de Campo Grande. O mais recente foi de Odilon de Oliveira, que deixou o PDT para entrar no PSD.

Antes dele, já anunciaram mudanças: André Salineiro (ex PSDB, agora no DEM); Dharleng Campos (ex PP, agora no MDB), Valdir Gomes (ex PP, agora PSD); Ademir Santana (ex PDT, agora PSDB); Otávio Trad (ex PTB, agora PSD). Dr. Cury, que até então estava sem partido, anunciou no começo de março a ida para o DEM.

Janela partidária fecha nesta sexta e vereadores de Campo Grande seguem 'indecisos'
Mais notícias