Política

Fórum dos Servidores quer reunião com Reinaldo para definir índice do reajuste salarial do servidor

O Fórum dos Servidores de Mato Grosso do Sul, formado pelas Entidades Sindicais/Associações representativas dos servidores, encaminhou ofício ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), para marcar uma reunião onde será discutido o índice do reajuste salarial do servidor público. Segundo o ofício encaminhado ao Jornal Midiamax, o Fórum manifesta grande preocupação quanto ao prazo fi...

Renata Volpe Publicado em 11/05/2020, às 12h40

Reuniões estão sendo realizadas na Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização. (Divulgação)
Reuniões estão sendo realizadas na Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização. (Divulgação) - Reuniões estão sendo realizadas na Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização. (Divulgação)

O Fórum dos Servidores de Mato Grosso do Sul, formado pelas Entidades Sindicais/Associações representativas dos servidores, encaminhou ofício ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), para marcar uma reunião onde será discutido o índice do reajuste salarial do servidor público.

Segundo o ofício encaminhado ao Jornal Midiamax, o Fórum manifesta grande preocupação quanto ao prazo final da vigência do abono salarial aos servidores estaduais efetivos ativos, integrantes da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo do Estado de Mato Grosso do Sul criado em 2016, ainda não incorporado aos vencimentos, cuja última prorrogação encerra no próximo dia 31.

Com o vencimento no fim do mês, o presidente do Fórum, Fabiano Reis de Oliveira requer uma reunião com o governador para discutir “providências urgentes para resolver esse problema iminente de possível encerramento da vigência do abono salarial, que afetaria gravemente a vida de dezenas de milhares de famílias de servidores públicos, visando preservar a irredutibilidade de vencimentos conforme dispõe da Constituição Federal de 1988”.

Ainda conforme o ofício, o Fórum alega estar ciente de que a situação de calamidade pública e pandemia dificulta a negociação da revisão geral anual de vencimentos e reajustes salariais devidos, mesmo previsto em lei que a data-base dos servidores públicos estaduais seja o dia 01 de maio de 2020. “Manifestamos desde já o pedido de reunião acerca do assunto tão-logo se abrande este momento excepcional vivido por todos nós e seja possível debater investimentos na valorização e melhoria do serviço público, que tem se mostrado essencial para superação das atuais dificuldades comprovando a sua enorme importância para toda a sociedade”.

A SAD (Secretaria de Administração de Desburocratização) convocou 36 sindicatos nesta segunda-feira (11) para discutir sobre a data base do reajuste salarial.

Jornal Midiamax