Em Ladário, sete candidatos disputam prefeitura

Atual prefeito vai concorrer contra três mulheres e três homens

A cidade de Ladário, no oeste de Mato Grosso terá sete candidatos à prefeitura. O prazo para os partidos homologarem os nomes terminou na quarta-feira (18), mas esse número pode mudar até o fim do prazo para registro junto ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) em 26 de setembro.

O atual prefeito, Iranil Soares (), disputará a reeleição. Ele assumiu o cargo em 2019, após a prisão e posterior cassação do mandato de Carlos Ruso (PSDB).

Soares terá como vice o ex-vice-prefeito Hedyl Benzi (PDT). A chapa tem o apoio do PTB, PP, Republicanos e .

O ex-prefeito José Antônio Assad e Faria (PSDB) tenta retornar ao cargo.  O vice será o ex-vereador Emerson Petzold, o Neninho (). O PSD confirmou apoio à chapa.

Outro ex-membro da Câmara Municipal na disputa é Munir Ramunieh (MDB), que terá como vice o médico Juliano de Oliveira. PSC e Patriota vão apoiar a dupla.

Andréa Sampaio, ex-primeira-dama da cidade, vai disputar o cargo pelo Cidadania. Viúva do ex-prefeito José Francisco Mendes Sampaio, ela terá como vice Roberto Adão.

O PSL lançou uma chapa feminina. A psicóloga Cristiane Verlaine é candidata a prefeita e terá como vice a policial militar Gleice Kelly.

A professora Raquel do Prado (PT) concorre ao cargo tendo como companheiro de chapa o ex-vereador José Raimundo Barros, o Bahia.

E o Avante lançou o ex-vereador Helder Botelho e o cantor Márcio Reis como candidatos a prefeito e vice, respectivamente.

As informações são do site Pérola News.

Em Ladário, sete candidatos disputam prefeitura
Mais notícias