ELEIÇÕES 2020: Edson Moraes é reeleito prefeito de Miranda, com 82,28% dos votos

2º lugar, Bell do Salão, teve 9,19% dos votos

O tucano Edson Moraes é o prefeito eleito de Miranda, cidade a 203 km de Campo Grande. Moraes conquistou nas urnas 10.867 votos, que correspondem a 82,28% dos votos válidos, e ocupará a pelos próximos 4 anos. O mandato tem início no dia 1º de janeiro de 2021.

Edson Moraes ocupará o cargo após disputa com mais dois candidatos: Isabel Aparecida Roberto Acosta (PODE), Bell do Salão, com 9,19% (1.214 votos); e Edson José Lopes dos Santos Sobrinho (), Zé Lopes, com 8,53% (1.127 votos).

O prefeito reeleito era presidente da Câmara de Vereadores de Miranda quando foi eleito prefeito para curto mandato em eleições suplementares realizadas em outubro do ano passado.

Fábio Santos Florença (PDT) foi eleito vice-prefeito em 2020 na chapa com Moraes.

Histórico

Nos últimos quatro anos, Miranda teve de dois pleitos eleitorais. O primeiro, em 2015, sagrou Marlene de Matos Bossay () vencedora do pleito, com Adailton Rojo Alves (PTB) como vice. Porém, a chapa foi cassada em agosto de 2019 pelo e, com isso, novas eleições foram realizadas em outubro seguinte, quando o presidente da Câmara e prefeito interino, Edson Moraes (Patriota), venceu as eleições suplementares, com 7.844 votos.

Com população estimada em 28.220 habitantes pelo (Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística), Miranda teve 19.013 eleitores neste pleito, conforme números do (Tribunal Regional Eleitoral de MS).

ELEIÇÕES 2020: Edson Moraes é reeleito prefeito de Miranda, com 82,28% dos votos
Mais notícias