Eleições 2020: ao menos sete partidos já indicam nomes para disputa na Capital

Algumas legendas já falaram dos possíveis postulantes em convenções

Início de ano eleitoral e nomes prováveis para disputa da Prefeitura de Campo Grande já são ventilados, inclusive desde 2019, quando alguns falaram abertamente da intenção de disputar o Paço Municipal.

Eleições 2020: ao menos sete partidos já indicam nomes para disputa na Capital
Prefeito durante entrevista. (Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax)

No caso do atual chefe do Executivo Municipal, (PSD) tentará a reeleição neste ano, apesar de não comentar o assunto e dizer que só se pronunciará sobre eleições a partir de abril. Contudo, as discussões são, desde o ano passado, em torno do nome do candidato a vice-prefeito e até o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, em visita na Capital, disse que o foco do partido é reeleger Marquinhos.

Candidato ao Senado do PSDB, em 2018, Marcelo Miglioli foi para o SD e anunciou a intenção de ser candidato a prefeito em Campo Grande. Ele foi, durante o primeiro mandato do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), secretário de Infraestrutura de Mato Grosso do Sul.

dagoberto
, deputado federal pelo PDT. (Câmara dos Deputados, Divulgação).

O PDT é outro partido que fala sobre intenção de disputar. O presidente do partido, em Mato Grosso do Sul, o deputado federal , disse em agosto que poderia ser ele o nome da legenda no pleito eleitoral.

 

Eleições 2020: ao menos sete partidos já indicam nomes para disputa na Capital
Roberto Jefferson, Delcídio do Amaral e Neno Razuk. (Divulgação)

Absolvido em junho passado, o ex-senador Delcídio do Amaral já não estava mais no PT e entrou no PTB, legenda que preside agora. Apesar de não falar sobre o assunto e afirmar que decidirá no tempo certo, correligionários de seu partido falam que ele tem tudo para ser o candidato a prefeito.

Presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson quer o ex-senador como postulante, afirmou em novembro o deputado Neno Razuk (PTB). No dia da convenção, em setembro passado, Delcídio disse que estava dando vontade de concorrer à Prefeitura de Campo Grande. O grande problema é que, apesar de ter sido absolvido de suas acusações no TRF1 (suspeita de obstrução da Lava-Jato), o ex-senador está inelegível. Ele só poderia encarar as eleições se conseguisse reverter a decisão do Senado Federal, que o cassou.

Eleições 2020: ao menos sete partidos já indicam nomes para disputa na Capital
Deputado Renan Contar durante leitura de requerimento na Assembleia Legislativa. (Luciana Nassar, ALMS).

Outro nome que já foi ventilado é do deputado Renan Contar (PSL). Em reunião do partido feita em agosto, o parlamentar disse não ter medo de nenhuma guerra, quando indagado sobre possível candidatura. O deputado federal Loester Trutis disse na mesma ocasião que Contar como candidato a prefeito é “desejo pessoal dele” e da senadora Soraya Tronicke, que preside o partido em Mato Grosso do Sul.

O PP, hoje comandado no Estado pelo deputado Evander Vendramini, citou o nome do presidente da Santa Casa, Esacheu Nascimento, recém-chegado no partido, como possibilidade na disputa. Contudo, o próprio dirigente disse que não tem sede de poder e que seu papel dentro da legenda pode ser o de articular outro nome.

Eleições 2020: ao menos sete partidos já indicam nomes para disputa na Capital
Esacheu Nascimento, presidente da Santa Casa, durante pronunciamento no evento do PP. (Evelin Cáceres, Jornal Midiamax).

Em evento estadual também em novembro, o Republicanos foi outro partido que se adiantou e lançou o nome de Wilton Acosta, como pré-candidato a prefeito da Capital, nas eleições de 2020.

Já o PSDB, partido do governador Reinaldo Azambuja, não manifestou até agora um nome para encabeçar a disputa pela Prefeitura de Campo Grande – a expectativa era de que o partido indicasse o nome que ocupará o cargo de vice na chapa de Marquinhos Trad (PSD). Porém, esse futuro segue nebuloso, uma vez que o PSDB nacional, comandado por Bruno Araujo, determinou que a sigla tenha candidato próprio em todas as cidades do país com mais de 100 mil eleitores. Cenas do próximo capítulo.

*após a publicação do texto, o Novo anunciou Guto Scarpanti como pré-candidato a prefeitura de Campo Grande pelo partido, sendo o oitavo nome na corrida eleitoral de 2020. Além disso, o PT também entrou em contato com a reportagem para confirmar o nome de Pedro Kemp como pré-candidato do partido.

Eleições 2020: ao menos sete partidos já indicam nomes para disputa na Capital
Mais notícias