De olho em candidatura própria em todas cidades do MS, PSD se reúne neste sábado

A Executiva regional do PSD de Mato Grosso do Sul se reúne na manhã deste sábado (25) para discutir as novas regras eleitorais e estratégias de campanha para 2020, já que o partido mira lançar candidatura própria para prefeito nos 79 municípios do Estado. Em 67 deles a sigla já possui diretório constituído.

O pleito eleitoral a partir deste ano não permitirá mais coligações para os cargos do Legislativo – ou seja, a chapa proporcional -, podendo haver alianças oficiais apenas para eleição ao Executivo – a chamada majoritária.

“Iremos discutir sobre nossas estratégias políticas para os municípios, em decorrência as novas exigências eleitorais, e seguindo as orientações nacionais repassada em dezembro pelo presidente nacional Gilberto Kassab, nosso objetivo é lançar candidatura própria nos 79 municípios”, explica o senador e presidente regional do PSD, Nelsinho Trad.

Entre os presentes no evento, devem estar o deputado federal Fábio Trad e o deputado estadual Londres Machado, além de outros membros da Executiva. O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, não faz parte da Executiva e irá participar de ato do partido em Aquidauana, onde Viviane Orro irá oficializar sua filiação e assumir a sigla na cidade.

O PSD conta com 67 diretórios constituídos no Estado, podendo chegar aos 79 até o final do mês de janeiro. A sigla conta com 27 vereadores, sendo dois representantes na Câmara Municipal de Campo Grande, Chiquinho Telles e o enfermeiro Fritz, um vice-prefeito em Ponta Porã e o prefeito da Capital, Marquinhos Trad.

“Umas das prioridades, além de finalizar os diretórios, é promover filiações em diferentes regiões do Estado, com a chapa pura temos que reforçar o partido”, completa Marquinhos. Atualmente, a legenda conta com 27 vereadores, sendo dois em Campo Grande, e no Executivo conta com Marquinhos e o vice-prefeito de Ponta Porã, Caio Augusto.

Mais notícias