De MS, ministros Mandetta e Tereza são os mais bem avaliados por parlamentares

Ranking ouviu 96 congressistas em dezembro, conforme pesquisa da Arko Advice

De Mato Grosso do Sul, os ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e da Agricultura, Tereza Cristina, ambos do DEM, lideram o ranking dos mais bem avaliados pelos parlamentares, em pesquisa feita pela consultoria Arko Advice e publicada pela Revista Veja nesta sexta-feira (10).

Os dois receberam média 3,6, em uma avaliação que deu notas de 0 a 5 para 11 dos 22 ministros do governo de Jair Bolsonaro. Entre 10 e 17 de dezembro de 2019, 96 congressistas de 20 partidos foram ouvidos. Antes de ser ministro, Mandetta foi deputado federal e a articulação com o Congresso foi destacada como um dos fatores para a nota.

Com a mesma nota, figuram na sequência o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas e Tereza Cristina. Quanto a ela, que também foi deputada federal, foi atribuído o fato de não ter se envolvido em conflitos e o prestígio que tem com a bancada do agronegócio.

No quadro de piores avaliados, estão Ernesto Araújo, Relações Exteriores; Bento Albuquerque, Minas e Energia, e Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente. Eles receberam 2,3 e 2,6, respectivamente. Ministro da Justiça, Sérgio Moro, ficou em quarto, após Tereza, com 3,3; Paulo Guedes, da Economia, teve 3,2; Do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto recebeu 2,9; da secretaria de Governo, Luiz Eduardo teve pontuação de 2,7 e Onyx Lorenzoni teve 2,6.

Mais notícias