Cotado para vice de Marquinhos, Pedrossian Neto diz que segue na Prefeitura

Dem aponta nome do secretário como solução para disputa pela vaga na chapa

Na disputa pela vaga de candidato a vice-prefeito de Campo Grande na chapa de reeleição de Marquinhos Trad (PSD), o secretário municipal de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto (DEM), passou a figurar como um dos cotados.

Segundo afirmam fontes dos Democratas, o nome do secretário passou a ser ventilado como opção viável na composição. Pedrossian Neto, por sua vez, diz que segue trabalhando na prefeitura e não comenta possíveis planos eleitorais.

A vaga de vice de Marquinhos tem sido alvo de intensas disputas. Recentemente, a atual vice-prefeita Adriane Lopes (Patriotas) brincou que a concorrência estava ainda maior que pela cadeira de prefeito. Nesta quarta-feira (3), o chefe de gabinete do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) teve publicada sua exoneração. Ele abriu mão do salário de R$ 28 mil pelo sonho de disputar ao lado do atual prefeito.

Marquinhos, contudo, já adiantou que não há aliança política com os tucanos, somente administrativa. A Câmara Municipal também já manifestou interesse na indicação e escolheu como nome de consenso o do presidente, vereador João Rocha (PSDB). Mas, conforme o PSD, o nome de vice será a última escolha da composição, que terá discussões sobre alianças e outros capítulos a serem definidos antes. 

Primeiro escalão

Pedrossian Neto foi nomeado titular da Secretaria de Finanças e Planejamento desde o início da gestão de Marquinhos, com decreto publicado em 3 de janeiro de 2017. Economista graduado e mestre pela PUC-SP Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), ele já atuou como professor universitário, membro do conselho de administração do Sebrae e, em 2014, secretário-adjunto da Seprotur (Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo).

Cotado para vice de Marquinhos, Pedrossian Neto diz que segue na Prefeitura
Mais notícias