Com suspeita de coronavírus, presidente da ALMS se afasta das sessões

Paulo Corrêa participou de evento do governo em Aquidauana, na última quinta-feira (3)

O presidente da Alems (Assembleia Legislativa de ), (PB) está com suspeita de ter sido infectado pelo novo coronavírus. Ele se ausentou das duas últimas sessões parlamentares.

Até esta quarta-feira (8), sua ausência não tinha sido justificada. Hoje, o segundo secretário () leu o comunicado enviado por Corrêa.

“Prezados, ante a suspeita de contaminação do coronavírus e visando assegurar a saúde dos servidores e colegas, comunico meu afastamento dos trabalhos até a confirmação do resultado negativo ou do positivo, até alta médica”. 

O documento tem data de 6 de julho, segunda-feira. 

não compareceu a sessão da última quinta-feira (3) por ter participado de evento em aldeia indígena de Aquidauana, para lançamento de obras do governo. Na ocasião, houve aglomeração de centenas de pessoas. 

O presidente tem trabalhado presencialmente na Casa de Leis para conduzir as sessões remotas, realizadas desde março, quando os casos de começaram a ser confirmados no Estado. 

A Casa tem funcionado com dois funcionários em cada gabinete pela manhã e dois à tarde. Por isso, a Alems começou a realizar testes de coronavírus aos servidores desde segunda-feira até a próxima sexta-feira (10).

Com suspeita de coronavírus, presidente da ALMS se afasta das sessões
Mais notícias