Com candidato a prefeito, MDB quer eleger 5 vereadores em Campo Grande, diz Puccinelli

Nesta segunda-feira, emedebistas anunciaram Juliana Zorgo pré-candidata a vice-prefeita

A intenção do MDB é eleger de quatro a cinco vereadores em Campo Grande, afirmou o ex-governador de , André Puccinelli, nesta segunda-feira (14). Atualmente, a bancada no Legislativo municipal é composta por , Dr. Loester e Dr. Sammy.

Nesta manhã, as lideranças anunciaram Juliana Zorzo, ex-secretária de Cultura e ex-vereadora de Campo Grande, como pré-candidata a vice-prefeita, junto com o deputado estadual Márcio Fernandes, que já era tido como quadro definido há meses. A convenção, que oficializa as candidaturas, ocorrerá na terça-feira (15).

Planos para 2022

Indagado a respeito dos planos futuros na política, André Puccinelli disse novamente que cada definição ‘a seu tempo’. Primeiro, o MDB trabalha para levar Márcio Fernandes ao das eleições 2020, inclusive com o ex-governador fazendo campanha com o pré-candidato.

“Todos seremos coordenadores de campanha”, afirmou o ex-governador nesta manhã, ao comentar que as lideranças emedebistas terão papel fundamental no pleito eleitoral. O partido lança candidatura própria depois de 8 anos. Em 2012, perdeu as eleições com o ex-secretário de Obras do Estado, Edson Giroto, e, em 2016, optou por lançar somente chapa de vereadores.

Esta é a primeira vez que Fernandes disputa um cargo no Executivo. Desde 2007, ocupa uma das 24 cadeiras da  ( do Estado de ).

Com candidato a prefeito, MDB quer eleger 5 vereadores em Campo Grande, diz Puccinelli
Mais notícias