Carlos Assis deixa Governo e planeja disputar eleições em Campo Grande

Ele disse estar à disposição do partido e, desde o início do ano, não esconde vontade de ser vice do prefeito Marquinhos Trad (PSD)

Chefe de gabinete do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), Carlos Alberto de Assis anunciou nesta terça-feira (2) que deixará o cargo no Governo do Estado pelo plano de disputar as eleições municipais. Há meses ele tem manifestado intenção de ser vice do prefeito Marquinhos Trad (PSD) na disputa pela reeleição.

“Deixo o Governo de Mato Grosso do Sul amanhã, dia 3 de junho”, afirmou em vídeo postado nas redes sociais, informando que a partir de então estará à disposição do projeto político do partido. Assis diz ainda que a decisão é pessoal, mas fruto do diálogo com todas as lideranças tucanas.

Sem confirmar qual seria seu espaço na composição, ele diz estar colocando o nome “para aquilo que precisar, para aquilo que for a decisão do PSDB em Campo Grande”. Também afirma ter um projeto político de futuro e, em vídeo postado nas redes sociais, pede apoio de amigos, lideranças comunitárias e tucanas. 

Com a decisão, ele deixa o cargo de administração superior e assessoramento que, conforme dados do Portal da Transparência, têm remuneração bruta de R$ 28 mil.

Carlos Assis deixa Governo e planeja disputar eleições em Campo Grande
Mais notícias