Candidato a vice-prefeito será a última decisão, diz Puccinelli

A cúpula afirma que deve ser uma mulher a compor chapa com Márcio Fernandes

Em visita à Câmara Municipal de Campo Grande na terça-feira (3), o ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (MDB), afirmou que a escolha do candidato a vice deve ser a última decisão do partido, que lançou o deputado Márcio Fernandes como pré-candidato a prefeito.

“É sempre o último a escolher, estrategicamente falando. Dizem que vice bom é o candidato que traz votos ou grana, mas nas condições atuais, que nos baseamos por pesquisas, nossa vice será uma mulher”.

Puccinelli repetiu o que disse durante o anúncio do nome do partido, em 8 de fevereiro, sobre a vice ser mulher, mas não deu pistas de quem poderia ser. Para ele, a pessoa tem de ter “galhardia, uma figura feminina, uma mulher valente, ousada, criativa e boa de voto”.

A cúpula estadual do MDB foi à Casa de Leis na terça-feira para entregar a ficha de filiação à vereadora Dharleng Campos, que deixa o PP a partir de quinta-feira (5), quando a janela partidária – que permite o tráfego entre legendas – abre.

Candidato a vice-prefeito será a última decisão, diz Puccinelli
Mais notícias