Vereadores pedem vistas em projeto que suspende cobrança do IPTU em Campo Grande

Comissão de Constituição e Justiça tem até 15 dias para analisar medida

Projeto de lei que prevê suspensão do pagamento de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) por 90 dias, em Campo Grande, devido à pandemia de coronavírus, teve pedido de vistas na Câmara Municipal. A medida adia a votação, que ocorreria nesta quinta-feira (26), por até 15 dias.

Otávio Trad (PSD), presidente da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final), sugeriu análise com o pedido de vistas por se tratar de projeto de isenções e suspensões de impostos em ano eleitoral.

Vereadores, como Dharleng Campos (MDB) e Papy (SD), disseram ser contrários ao adiamento da votação, uma vez que a medida seria urgente diante da pandemia. Também citaram decretos como o que suspende por 15 dias o pagamento do IPTU, anunciada pela Prefeitura de Campo Grande, para dizerem que a justificativa das eleições não se enquadraria no caso.

Segundo a autora da proposta, vereadora Dharleng, os contribuintes sofrerão impactos financeiros durante a pandemia de coronavírus. “A medida se faz urgente e necessária”.

 

Mais notícias