Câmara cria fundo para arrecadaar verba e comissão destinados ao combate do coronavírus

Sessões do Legislativo municipal têm sido feitas só com os vereadores, sem público e imprensa

Os vereadores de Campo Grande aprovaram em regime de urgência, nesta terça-feira (24), as criações de um fundo municipal para receber recursos voltados à pandemia de coronavírus e uma comissão especial voltada ao mesmo assunto.

Antes de começar a sessão de hoje, transmitida no Facebook da Casa de Leis, os parlamentares se reuniram para discussão destas medidas.

O fundo municipal servirá, segundo parlamentares, para receber verbas de diversas fontes, como empresas, pessoas físicas e políticos, destinadas ao combate da doença em Campo Grande.

Sobre a comissão, o colegiado será formado por Dr. Lívio (PSDB), na presidência, Delegado Welligton (PSDB), Betinho (Republicanos) e Eduardo Romero (Rede).

Há uma semana, os parlamentares fazem as sessões ordinárias somente com os parlamentares, sem público e imprensa. Na segunda-feira (23), a Câmara Municipal autorizou o afastamento de servidores e vereadores que compõem o grupo de risco, com sintomas ou quem tem mais de 60 anos. Carlão (PSB), Dr. Antônio Cruz (PSDB) e Vinicius Siqueira (DEM), apresentaram declarações comunicando a ausência. Na quinta-feira (19), o vereador Chiquinho Telles (PSD) comunicou que também não iria naquele dia, por compor grupo de risco.

 

 

Câmara cria fundo para arrecadaar verba e comissão destinados ao combate do coronavírus
Mais notícias