Assembleia volta na terça-feira ainda com sessões remotas por causa do coronavírus

Desde o começo da pandemia, parlamentares adotaram medida

Com medidas restritivas prorrogadas até 31 de agosto, a Assembleia Legislativa de retoma sessões na terça-feiras (4). Por causa do coronavírus e a necessidade de manter o distanciamento, os 24 deputados estaduais permanecem de home office, promovendo as reuniões de segunda  à quinta-feira, de forma remota, a partir das 9 horas.

Até o fim de agosto, ficam suspensos o atendimento ao público no prédio, localizado no Parque dos Poderes, em Campo Grande, eventos coletivos, sessões solenes, reuniões de frentes parlamentares. A Casa de Leis adotou videoconferências para promover as sessões, desde o começo da pandemia.

Ainda de acordo com a Assembleia, o expediente no local é feito com número reduzido de servidores e, aqueles considerados do , fazem o serviço de casa.

O Legislativo estadual ainda não divulgou a ordem do dia, em que são mostrados os projetos de leis analisados. A reportagem acionou o CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final), colegiado que vota quais propostas vão para o plenário, e aguarda retorno.

A Câmara Municipal de Campo Grande também retoma as sessões amanhã. Os 29 vereadores vão começar a fazer sessões retomadas agora, pois, até então, a reunião ocorria no plenário, mas sem público ou imprensa no local. Ato da foi publicado na semana passada, estabelecendo a medida devido ao avanço do coronavírus na Capital. Estão pautados cinco projetos de leis. Confira a aqui.

Assembleia volta na terça-feira ainda com sessões remotas por causa do coronavírus
Mais notícias