Ao votar, Siqueira diz que Trutis pode ser expulso do PSL por ser flagrado mentindo sobre atentado

Investigação apontou que atentado a deputado foi simulado

Depois de ser flagrado mentindo sobre um atentado, o deputado estadual pode ser expulso do partido, o (Partido social Liberal). O candidato a prefeito de Campo Grande Vinicius Siqueira () comentou sobre o caso durante votação na manhã deste domingo (15). 

O candidato negou que a prisão do deputado possa ter prejudicado sua candidatura. “Eu não tenho nada a ver com o Trutis. O Trutis provavelmente será expulso do partido, nem quero falar sobre ele na eleição”, disse.

O deputado () foi preso na última quinta-feira (13) por porte de arma de uso restrito. A investigação policial do suposto atentado sofrido em fevereiro pelo deputado federal concluiu que o ataque relatado pelo parlamentar foi simulado. A motivação seria forçar uma situação que fosse capitalizada politicamente em defesa do porte de arma por civis, uma das bandeiras de seu mandato parlamentar.

Apesar de o relatório da detalhar como o deputado federal fingiu um atentado a tiro mas errou até a trajetória das balas para confirmar a versão inventada, , gravou para os seguidores se dizendo ‘vítima do sistema’.

Ao votar, Siqueira diz que Trutis pode ser expulso do PSL por ser flagrado mentindo sobre atentado
Mais notícias