Após deixar PDT, vereador Ademir Santana exibe botton do PSDB na Câmara

Ex-PDT entregou ontem ficha para se desfiliar da sigla e espera que tucanos anunciem oficialmente seu movimento em evento

Um dia depois de oficializar seu desligamento do PDT, entregando a ficha de desfiliação à sigla, o vereador Ademir Santana (atualmente sem partido) passou a sessão desta quinta-feira (12) na Câmara Municipal de Campo Grande, exibindo um botton com um tucano, símbolo do PSDB, em sua lapela.

Ademir confirmou que vai se unir ao partido, mas disse que aguarda o anúncio de um evento para que ele assine oficialmente sua ficha de filiação. Entre os  motivos citados pela escolha, o vereador destacou sua “parceria com a Prefeitura de Campo Grande” e disse que eles devem estar juntos em 2020. 

No PDT, Santana respondia a processo disciplinar iniciado após recusa em seguir orientação da legenda para assinar o requerimento para abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos ônibus. Repreendido, ele deu declarações polêmicas afirmando que o diretório teria um ‘bando de puxa-saco do Dagoberto [Nogueira, presidente estadual da sigla]. Pela fala, o vereador virou alvo de pedido de expulsão.

Santana aproveitou, então, a janela partidária aberta neste mês para que os políticos possam trocar de partido antes das eleições municipais deste ano. Caso se confirme sua ida ao PSDB, os tucanos, que já são maioria na casa, devem estender seu número de assentos de 7 para 8.  O vereador Júnior Lombo, no entanto, ainda deve anunciar também sua filiação no partido.

Após deixar PDT, vereador Ademir Santana exibe botton do PSDB na Câmara
Mais notícias