Após Dharleng, MDB também tenta intervir para confirmar impugnação de Delei

Partido quer ingressar no recurso interposto pelo candidato do PSD como terceiro interessado

O (Movimento Democrático Brasileiro) tenta ingressar como terceiro interessado no recurso do candidato a vereador Delei Pinheiro () ao (Tribunal Regional Eleitoral). O movimento acompanha o da vereadora Dharleng Campos (MDB), reeleita, mas que corre o risco de perder a vaga caso a impugnação da candidatura de Pinheiro seja revertida na Corte.

Relator dos embargos de declaração contra o acórdão que barrou o registro do concorrente do , o juiz Djailson de Souza expediu intimação, ontem (3). Nela, o magistrado disse que os pedidos de intervenção de Dharleng e do serão julgados pelo colegiado do antes da apreciação do recurso de Delei Pinheiro.

Antes disso, a Procuradoria Regional Eleitoral deve se manifestar sobre as tentativas de intervenção.

Delei teve candidatura indeferida porque não fez o recadastramento biométrico. Ele pediu a revisão da sentença ao sob o argumento de que a biometria não foi exigida neste ano devido à pandemia de novo coronavírus.

Delei Pinheiro fez 3.850 votos nas eleições de 15 de novembro. Por outro lado, Dharleng foi a vereadora eleita com menor desempenho, 1.782 votos, e conseguiu uma cadeira na Câmara pelo quociente partidário.

Caso a impugnação de Pinheiro seja revertida, seus votos passam a ser válidos e vão provocar uma nova totalização dos resultados da eleição. Assim, o pode ganhar mais uma vaga. Em contrapartida, o pode perder sua única cadeira.

Após Dharleng, MDB também tenta intervir para confirmar impugnação de Delei
Mais notícias