Após decreto, vereadores de Rio Brilhante pedem flexibilização para comércio

Prefeitura de Rio Brilhante adotou fechamento do comércio por 14 dias, após ser a quarta cidade com maior número de casos de coronavírus

Após a Prefeitura de Rio Brilhante decretar o fechamento do comércio municipal por 14 dias, a Câmara de Vereadores da cidade pediu flexibilização da medida. Em Mato Grosso do Sul, Rio Brilhante é o quarto município com maior número de casos de coronavírus, até esta quarta-feira (24) eram 233 infectados.

A medida foi tomada como forma de enfrentamento à pandemia. De acordo com a (Secretaria de Estado de ), na cidade já foram registradas duas mortes causadas pela doença. Em decreto publicado em Diário Oficial do Município, a prefeitura suspendeu “o atendimento presencial ao público em todos os órgãos Públicos Municipais, por um período de 14 dias a partir de 26 de junho de 2020”.

Em reunião com os parlamentares da cidade, o presidente da Câmara Municipal e vereador, José Maria () afirmou que o ato seria para auxiliar a população comerciante. Assim, o presidente propôs a criação de uma comissão formada por membros do legislativo, para que busquem flexibilização da medida adotada pela Prefeitura. “De maneira alguma o Poder poderia ficar de braços cruzados, então, convocamos uma reunião com o intuito de encontrar uma solução em favor dos nossos comerciantes”, declarou o vereador.

Flexibilização e descontos

Entre outras ideias dos vereadores de Rio Brilhante, estão os pedidos de medidas que amenizem as dificuldades dos comerciantes, que causadas pela pandemia. Eles pedem que sejam discutidas possibilidades para descontos nas taxas de iluminação pública, dos resíduos sólidos.

Os parlamentarem também acreditam que as cerimônias religiosas merecem atenção e flexibilização. No último decreto publicado pela Prefeitura, essas celebrações foram suspensas, sendo permitida apenas atendimentos individualizados ou transmissões online. De acordo com o presidente da Câmara, foi agendada uma reunião para esta quinta-feira (25) com a prefeitura do município.

José informou que participariam do encontro os parlamentares da Câmara, o prefeito e o secretário de do município. Por fim, ele ressalto que “não só as reivindicações dos munícipes” seriam pauta na reunião, “mas também a nossa ideia”.

Após decreto, vereadores de Rio Brilhante pedem flexibilização para comércio
Mais notícias