Apoiadores de Bolsonaro pedem liberdade de blogueiro preso em frente à PF

Manifestantes fizeram oração em frente a sede da Polícia em Campo Grande

Membros de movimentos de direita realizam na noite desta sexta-feira (26) uma manifestação de apoio ao blogueiro Oswaldo Eustáquio em frente à sede da PF (Polícia Federal) em Campo Grande. Eustáquio é investigado na Operação Lume, suspeito de envolvimento na organização de atos considerados antidemocráticos pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Apoiadores de Bolsonaro pedem liberdade de blogueiro preso em frente à PF
O advogado Gustavo, que falou com o blogueiro na Polícia Federal (Reprodução Facebook)

De acordo com informações do advogado Gustavo, que conversou com Oswaldo, o blogueiro não estaria surpreso com o pedido de prisão. “Ele já esperava, porque sabe que está sendo perseguido nessa investigação. Mas nós não podemos deixar que ele fique preso por ter se manifestado. Querem acabar com a liberdade de expressão”, opinou.

O grupo levou itens de higiene pessoal para o blogueiro e segue em frente à Polícia Federal. Eles fizeram uma oração para Oswaldo e pedem que apoiadores do presidente Jair Bolsonaro compareçam ao local.

“Quis a providência divina que ele fosse preso em Mato Grosso do Sul, um Estado conservador, de direita, cristão e contra o aborto. Os membros da direita sempre falam que gostariam muito de participar de um movimento em Brasília, talvez esse seja o momento de mostrar apoio ao presidente aqui na sede da Polícia”, disse o advogado.

Apoiadores de Bolsonaro pedem liberdade de blogueiro preso em frente à PF
Mais notícias