Vice-líder do PSL na Câmara, Luiz Ovando diz que briga nacional rachou legenda em MS

Deputado federal foi nomeado como um dos 13 vice-líderes do PSL na Câmara dos Deputados

Nomeado como um dos vice-líderes do na Câmara dos Deputados, o deputado federal de Mato Grosso do Sul, , afirmou que o partido foi dividido por culpa do presidente nacional da sigla, Luciano Bivar. Ele citou ainda que a crise interna da legenda no Estado, também foi causada por Bivar.

O cargo foi dado a Ovando nesta terça-feira (22), por indicação do deputado Eduardo Bolsonaro, que além de Ovando, indicou mais 12 parlamentares. O deputado disse que sua posição é ficar ao lado do presidente da República, Jair Bolsonaro. “A verdade é que o partido já vem a um tempo dividido e o grande responsável é o Bivar. Onde existia um domínio e lideranças do Bolsonaro, ele desfazia”.

Ovando citou como exemplo a briga interna no em Mato Grosso do Sul. “Coronel David e o Rodolfo (Nogueira) eram muito alinhados com Bolsonaro e diante do problema que teve durante a campanha, Bivar não pensou duas vezes e tirou o Rodolfo da presidência”.

A presidência do partido no Estado foi dada à senadora Soraya Thronicke. Ovando disse não ser inimigo nem do deputado Loester Trutis e nem da senadora, mas que foi Coronel David e Rodolfo que estabeleceram o no Estado. “Esses líderes locais foram tirados pelo Bivar. Esse tipo de problema aconteceu na maioria dos estados e isso gerou insatisfação, começando a degenerar na Câmara porque os deputados são oriundos dos estados”.

Na opinião do deputado, todos esses problemas culminaram em um maior, que foi o afastamento dos líderes do no Congresso, como a deputada federal Joice Hasselmann e o deputado delegado Waldir. “As coisas foram degenerando e no final acabou criando esse tumulto todo e o líder no caso, o delegado Waldir, começou a agredir o presidente. Houve posicionamento na bancada e o Bolsonaro entrou na briga para ajudar e ter mudança”.

Vice-líder do PSL na Câmara, Luiz Ovando diz que briga nacional rachou legenda em MS
Mais notícias